Aplicativo Gremistas
Baixe grátis na Play Store VER

Grêmio nega crise, mas admite necessidade de reação 'para ontem' no Brasileirão

Autor: Gremistas   •   16 de maio/2019    •       •   

Grêmio nega crise, mas admite necessidade de reação
Lucas Uebel/Grêmio
Com justiça, o Grêmio era apontado pelos analistas como um dos favoritos ao título antes do início do Brasileirão. No entanto, as quatro rodadas iniciais mostraram uma outra realidade e o time ainda não venceu no certame.

São apenas 2 pontos, com duas derrotas - ambas em casa - e dois empates, o que gera uma posição na zona do rebaixamento, 18°. Campeão gaúcho sobre o maior rival Inter e classificado às oitavas da Libertadores, onde enfrentará o Libertad, o Grêmio nega que existe algum princípio de crise, mas prega e reconhece a necessidade de reação imediata no nacional.

"Tem mais 34 rodadas pela frente, mas quando uma equipe se distancia é mais complicado. Temos que reagir o quanto antes se queremos brigar pelo título. Começa pelo próximo final de semana, sabemos que é complicado jogar lá, mas vamos trabalhar firme esta semana e conquistar uma vitória. O professor fala porque confia em cada jogador e no grupo, sabe que a gente vai dar a resposta, mas tem que ser para ontem. Daqui a pouco piscou e está na 20ª rodada, o quinto tem 15 pontos na frente e é mais difícil buscar. Temos que ter essa consciência, tem que reagir o quanto antes", comentou o volante e capitão Maicon.

Titular do time com a lesão de Bruno Cortez, que não deve voltar antes da parada para a Copa América, Juninho Capixaba também lamenta o início ruim, mas acredita que a equipe vem tendo bons desempenhos no Brasileirão.

"Temos que viver o jogo. A leitura do jogo é importante. Se for parar para pensar, vai ser um pouco agressivo. Mas a gente amassar os adversários no momento que podemos. Contra o Corinthians, teve momentos que era ataque contra defesa. Não cabe a mim vir aqui e falar que o Grêmio é o melhor, porque temos resultados negativos. Mas acho que a gente amassou os adversários, só que pecou atrás. Então isso é o que não pode acontecer. É melhorar isso e seguir de cabeça erguida", disse.

Tanto Maicon quanto Juninho Capixaba deverão ser titulares do Grêmio no domingo, 19h, fora de casa, contra o Ceará.

 





VEJA TAMBÉM:
> Dirigente diz que Grêmio manteria o uso da base mesmo com o dinheiro do Palmeiras
> Geromel diz sentir na pele a força da torcida do Grêmio: 'O coração pulsa'
> David Braz explica golaço de fora da área: 'Renato dá liberdade'


Comentários