Aplicativo Gremistas
Baixe grátis na Play Store VER

Renato desabafa sobre atuações individuais e deverá se reunir com os atletas nesta quarta

Autor: Gremistas   •   13 de março/2019    •       •   

Renato desabafa sobre atuações individuais e deverá se reunir com os atletas nesta quarta
Lucas Uebel / Grêmio FBPA
A leitura da derrota para o Libertad está bem definida pela comissão técnica e direção. O consenso entre as partes é que o principal problema gremista, após a derrota em casa para o Libertad, foi o baixo nível técnico apresentado pelos jogadores na execução das tarefas táticas. A postura do grupo irritou o técnico Renato Portaluppi, que comentou publicamente o assunto.

"Infelizmente algumas peças importantes nossas não estiveram bem e isso facilita o trabalho do adversário. Pegamos equipes muito superiores a do Libertad e furamos bloqueios piores", disse o treinador.

Durante a bola rolando, a postura do técnico chamou a atenção. Com o placar zerado, aos 22 minutos do 1º tempo, Renato, insatisfeito com o desempenho, colocou seis atletas reservas no aquecimento. A postura foi explicada posteriormente com o uma tentativa de mandar um alerta para os titulares em campo.

"Pedi para o pessoal aquecer para ver se algumas peças acordasse. Eles veem e sabem que podem sair. Tentei o lado psicológico. Não é desculpa, mas algumas peças não funcionaram da forma que sabemos que podem. O adversário se aproveitou. E eles não engoliram o Grêmio. Infelizmente essas peças não funcionaram e a equipe sente", explicou.

Uma das frases mais duras do técnico durante a entrevista foi o momento em que afirmou que tinha o desejo de fazer mais alterações do que as três permitidas nas regras.

"Se tiver que trocar, eu troco. Só não troquei mais porque só tinha 3 substituições, mas eu poderia fazer 4 ou 5. Tirei o Vizeu, mas poderia ter tirado mais 4 ou 5 jogadores", afirmou.

A reapresentação do grupo ocorrerá nesta tarde e deve ser marcada por uma reunião da comissão técnica com os atletas. Cobranças deverão ser realizadas com o intuito de recuperar a tranquilidade no vestiário Tricolor.

"As peças que não começaram bem, eu sei e vamos sentar e conversar. Tenho toda confiança no meu grupo", concluiu Renato.





VEJA TAMBÉM:


Comentários